Um ano veloz & o destino

Parafraseando Rubel, quando diz que o mundo gira veloz e a vida corre demais: Esse ano foi veloz, e (leia-se muito) cruel. Um ano de tantas mudanças, drásticas, rápidas…

Como todos os outros anos, ao se aproximarem do fim, a impressão é de que piscamos e chegou o natal. Ontem mesmo falei: “As coisas mudam tão depressa, deve ser por isso que sou tão ansiosa…” O fato é que quero que as coisas aconteçam rápido por temor de que percam suas finalidades e se transformem em outras coisas, outras situações, um tanto diferentes daquilo que foi idealizado lá atrás.

Eibatova KarinaILUSTRAÇÃO: Eibatova Karina

Porém, esse ano despertei para o fator DESTINO e na minha humilde concepção me confortei um pouco com ele. Algumas coisas precisam simplesmente acontecer… assim, mesmo que dolorosamente. Fatalidades acontecem, pressões acontecem, depressões também… alguns não aguentam o peso que o mundo despeja em nossos ombros,  outros simplesmente se vão, sem querer, em um domingo ensolarado de fevereiro. Nós, que estamos absortos em controlar nossas vidas e a vida dos que amamos, quando percebemos que não possuímos tal controle, surtamos! E é aí que entra o DESTINO. Não significa estagnar, cruzar os braços e deixar que o destino se encarregue de tudo sozinho. Hoje o texto e o recado é breve: Que a gente protagonize nossas vidas ativamente, mas que nada seja forçado. Que a gente não deixe de viver o hoje, porque o amanhã pertence ao DESTINO e com ele não se briga e nem se brinca.

Em 2016 quero deixar que as coisas aconteçam, que as pessoas cheguem, se acomodem, que as novas amizades entrelacem seus sorrisos no meu, que os olhares sejam sinceros como se o segundo seguinte não existisse, que a compreensão para as coisas inesperadas seja natural, que a possessividade, o ciúmes, as angústias e todos os sentimentos ruins se extinguam, que os amigos verdadeiros permaneçam, que a gente AME e se APAIXONE todos os dias pelas pessoas que admiramos, que as canções continuem confortando o nosso coração ou gritando as verdades que guardamos no peito…

Mas QUE TUDO SEJA NATURAL!

O que tiver que acontecer, vai acontecer.

Um obrigada, de coração, àqueles que fazem parte da minha vida, direta ou indiretamente, e contribuem para que o meu ser seja moldado dia após dia, pois somos todos um e cada um, uma peça de quebra cabeças.

Luz & paz de espírito, HOJE E SEMPRE!

Anúncios

Um comentário em “Um ano veloz & o destino

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s