“Esta noite eu tive um sonho. Um sonho muito estranho. Eu estava de novo com você. Naquele mesmo dia. Naquela mesma chuva. Na mesma briga. Juro por Deus que foi o sonho mais estranho da minha vida” (prefácio)

Título: A Casa – existe um lugar onde todos têm direito a uma segunda chance
Autor: André Vianco
Editora: Novo Século
Número de páginas: 186
Classificação pessoal: 4/5
Assuntos abordados: Vida, morte, depressão, recomeço, emoção, perdão

Todos tememos a morte. O que existe após? Outra vida? Descanso eterno? Espera? Todos pensamos sobre ela, diariamente, conscientemente ou não. Mas o que não pensamos muito é sobre as atitudes que temos em vida, que podem interferir tanto na vida como na morte, tanto em nossa vida, quanto na das pessoas ao nosso redor, família, amigos, colegas, conhecidos… Infelizmente ainda não conheço uma casa amarela com poderes mágicos, como a que André Vianco se refere na história, a qual leva os quatro personagens do livro de volta à momentos cruciais de suas vidas, dando-lhes uma segunda chance.

André Vianco, narra a história de quatro pessoas à beira de um precipício de emoções, depressões e colapsos.

Rosana uma mulher cujo casamento está em crise, mãe de três filhas, comete um grande erro e em consequência disso, arrasta seus dias a base de anti-depressivos, carregando no peito uma angústia sem tamanho, que a faz pensar até mesmo em suicídio.

Ismael, um rico empresário, viciado em trabalho, que nunca se perdoou pelas palavras ásperas e arrogantes direcionadas no passado à seu velho e frustrado pai, diálogo esse que ecoou em seus ouvidos durante anos, o levando até à um quadro de infarto.

Leon, uma jovem de cabelos vermelhos, contrabaixista, viciada em heroína e lésbica, motivo pelo qual o pai a expulsara de casa no passado. Motivo pelo qual ela se entregara às drogas em busca de alívio, se afundando em dívidas e se auto destruindo aos poucos. Motivo também, pelo qual ela abandonara sua mãe, mesmo após a morte de seu pai.

Hélio, um homem que sempre fora vencedor na vida, tinha a vida perfeita, a casa perfeita, a esposa perfeita, até receber a notícia de que sua filha, nasceria com um doença que a impediria de dar-lhe orgulho e assim rejeitaria a pequena e fraca menina desde seu nascimento até sua morte.  Morte essa que o levou ao alcoolismo e destruíra a sua vida e seu casamento.

Quatro histórias distintas, marcadas pelo mesmo sentimento: remorso.

Até receberem um misterioso cartão, com um endereço que os levava à uma casa de madeira amarela. No cartão apenas o endereço e a frase “o alívio para o coração atormentado está aqui” escrita em letras finas. Após algumas relutâncias, decidem ir até a tal casa, coincidentemente no mesmo dia e hora. Dois homens e duas mulheres, compartilhando não somente das mesmas angústias, como também de uma experiência transcendental única em suas vidas. Afinal, quantos de nós não gostaríamos de uma segunda chance para consertarmos erros do nosso passado e obtermos alívio e perdão?

Como citei no começo da resenha, infelizmente, A Casa faz parte da ficção, mas não duvido que existam lugares com estes fins (a própria igreja pode ser encarada como tal), porém, o livro me fez refletir sobre nossas atitudes em vida para com o próximo. Sobre pensarmos mais antes de agir. Sobre se ter calma e paciência para obter discernimento e assim evitar brigas, desentendimentos, fofocas e outros males que atrapalham e interferem no bom convívio com os que estão ao nosso redor. E em como atitudes impensadas podem resultar em tragédias, remorso, e em uma vida de angústia e depressão.

Confesso que comprei esse livro em uma promoção dessas livrarias online e estava na minha prateleira há tempos. Essa semana o peguei para ler e simplesmente não consegui deixá-lo até terminar a leitura. Um bom livro, emocionante e inspirador, com personagens e suas respectivas histórias interessantes e bem construídas. Senti falta somente de mais frases de efeito, dessas que nos fazem ficar pensando por horas, talvez, um pouco mais de metáforas. Recomendo pela boa reflexão.

E se você tivesse uma segunda chance, qual atitude impensada mudaria em sua vida?

Assinatura de post

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s