A vida & o tempo de cada um

Não existe fórmula, forma, passo a passo ou manual que ensine o que, e como, viver e em qual, e quanto, tempo viver cada coisa. O que funcionou para o outro, muito provavelmente não servirá para você, e vice-versa. Há tempos venho pensando nisso, nos contextos sociais e pessoais aos quais estamos inseridos, no que esperam de nós e no choque de realidades que causam espanto naqueles que seguiram a receita de vida que outros amassaram, jogaram fora, e literalmente tocaram o foda-se!

kate-in-eternal-sunshine

Cada um cronometra o seu tempo de acordo com o que vive e isso não deveria ser um problema para ninguém, nem para mim, nem para você que fica aí assistindo a minha vida e pensando que eu deveria fazer isso, ou aquilo, e me lembrando que o tempo tá passando. O irônico da vida é que, inconscientemente (e infelizmente), eu também faço isso. Somos juízes das atitudes alheias sem ao menos conhecermos o que os motiva a protagonizarem tais atitudes.

Me pego assistindo a vida dos outros de longe e me indagando quando eu também viverei tais experiências e em um segundo momento, me freio, pensando: Será que é isso mesmo que eu quero para minha vida, ou estou sendo levada pela correnteza?

As vezes somos levados a concordar com a cronologia natural de vida que nossos pais e avós viveram e simplesmente deixamos que isso dite o que vamos fazer e quando vamos fazer. Porém, esquecemos que cada um tem o seu próprio tempo. E essa noção de diferença cronológica precisa ser levada a sério! Tem muita gente se frustrando, se deprimindo, se diminuindo, porque chegou aos 20 e poucos anos e ainda não sabe o que quer ser quando crescer. E aí, a sociedade cobra e faz pressão até que essa pessoa que não está inserida no quadradinho dos “bem resolvidos”, volte para o lado de dentro da linha, enterre suas vontades e sonhos para ser “feliz para sempre”.


12063437_972845976108627_7402776110909164264_n

A CULTURA DO IMEDIATISMO

A cultura do imediatismo que as redes sociais nos impele, me faz pensar que a vida é uma competição. Todo o mundo está fazendo alguma coisa, em algum lugar do mundo e eu não posso ficar “para trás”, nunca. Quando percebo, no quão superficial esse modo de vida “moderno” nos torna, deprimo. São dias à fio sem motivação. Me sinto Clementine Kruczynski dizendo: “Sinto como se eu estivesse desaparecendo, nada faz sentido, nada faz sentido!”

Assinatura de post

Anúncios

Um comentário em “A vida & o tempo de cada um

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s